segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Evolução e/ou criação



O que foi tornará a ser, o que foi feito se fará novamente; não há nada novo debaixo do sol. Eclesiastes 1.9 (NVI).

Não há como tocar num tema como esse sem ter a sensação de estar colocando a mão, sem qualquer proteção num “vespeiro” – tudo bem somos mulheres de Esparta e somos atraídas pelo perigo.

Que todos nós temos um vespeiro “particular” bem guardadinho nos recônditos da alma, todos sabemos, a diferença está em como lidamos com esse vespeiro –palavras de Roberta Lima enviadas a mim via SMS, e que pertinentemente se encaixam no texto e no contexto do que queremos tratar.

Vamos direcionar nosso “vespeiro” para instigar sua leitura, isso pode ser indolor se você se despir de armas e armaduras dogmáticas e tentar caminhar pela trilha que vamos propor.

[...] Deus fez o mundo pela evolução e nós procuramos, conforme nossas possibilidades, reescrever a história desse mundo que é fruto da criação divina.{Pe. Jesus Moure}

Padre Moure ficou conhecido como o “padre das abelhas”, não por ter escolhido ser um padre cientista, mas por ter se tornado referência em entomologia. Foi também uma voz contundente no diálogo entre fé e ciência.

Sabemos que estamos na era do conhecimento, onde a informação está por todos os lados, de maneira mais acessível e até perigosa dependendo do preparo de quem as acessa.

Não são poucas as exortações bíblicas para a busca do conhecimento. Se nos tornarmos meros expectadores do que se passa no mundo alguém como Moure torna-se um herege por ter feito tais afirmações – sendo assim o PREGADOR/ECLESIASTES também.

Podemos nos alienar imaginando que todos os outros saberes estão abaixo ou acima da religião. Um erro que conduz a outros irreparáveis erros – dos quais temos sido testemunhas.

Criados ou evoluídos temos um desafio diante de nós: Estar muito bem resolvidos de quem somos, em quem cremos e para o que servimos.

“Porque não influímos em nada com nossas leis — seja em física, química ou qualquer outra área científica — são elas que preexistem.[...] {Padre Moure}

De um princípio, ou das leis de Deus – segundo Moure – teve seu início, nós apenas descobrimos e “aperfeiçoamos” é o que nos afirma também o livro de Eclesiastes.

Haverá algo de que se possa dizer: "Veja! Isto é novo! "? Não! Já existiu há muito tempo; bem antes da nossa época. Eclesiastes 1.10 (NVI)

Podemos muito bem permanecer firmes na fé nos aventurando pelo caminhos dos saberes. 

[...] podemos nos alienar ao ponto de desconhecermos um conjunto de informações que podem fundamentar mais nossas decisões, convicções, teses e teorias, sejam elas religiosas, filosóficas, políticas, científicas ou jurídicas, ou de qualquer forma de conhecimento [...] {Roberta Lima comentando sobre as ideias do cientista Edgar Morin na rede social Café História


Para essa finalidade é que devemos nos apropriar do conhecimento da nossa era, para que convictos da nossa real natureza e essência vivamos vida plena em um mundo tão desassossegado, esse é nosso legado, essa é nossa missão.

Na fé e no conhecimento do Mestre
Noh Oliveira
Publicado originalmente em: Meninas do Reino

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Tenha tempo para as coisas essenciais

 Chegamos em junho e temos a sensação de que nem vimos o ano começar e já estamos na metade. O tempo voa! Essa constatação deve nos fazer pensar em como usar melhor o tempo ou como dizemos, em como não “perder tempo”.


Nossa inteligência existe para nos fazer distinguir, discernir, saber o que é essencial, importante e acidental em nossa vida frente aos nossos objetivos, isto é, o que cada um de nós deseja para sua própria vida. Essencial é aquilo que devo fazer em primeiro lugar. É aquilo que me levará mais rápido em direção ao que desejo da vida naquele momento presente em que estou fazendo o discernimento. Importante é o devo fazer, mas só depois de ter feito o que eu havia considerado antes como essencial. E acidental é aquilo que só irei fazer depois de ter feito o que eu havia antes considerado como importante e como essencial.

A todo instante devemos nos perguntar se aquilo que estamos fazendo é essencial, importante ou acidental, para que possamos nos concentrar nas coisas essenciais e não nas coisas acidentais. O tempo passa e há pessoas que só fazem coisas acidentais ou até mesmo importantes, mas nunca as coisas essenciais que as levarão à felicidade ou ao sucesso.
Assim, quando chegamos ao trabalho devemos nos perguntar: o que é essencial agora? Ao chegarmos em casa, de volta do trabalho a mesma pergunta deve ser feita: o que é essencial agora? Será brincar um pouco com seus filhos? Abraçar sua esposa ou seu marido? Uma vez a inteligência nos tendo apontado o que é essencial, devemos dominar a vontade para fazer esse essencial e não fugir dele para coisas acidentais. Muitas pessoas querem vencer no trabalho ou ter uma vida familiar feliz, mas deixam de fazer as coisas essenciais para que tudo aconteça.

Lembre-se que a nossa felicidade ou sucesso dependem das escolhas que fazemos na vida. Temos que saber o que queremos, quais são os nossos motivos maiores ou a nossa “motivação” e nos concentrar nas coisas essenciais que nos farão chegar onde desejamos. Não podemos perder tempo com coisas acidentais que nos desviam do caminho.

Junho já chegou e logo chegará dezembro. Você usou seu tempo para coisas essenciais?

Luis Marins


Recebido por email 

Nô Oliveira

quinta-feira, 2 de junho de 2011

TEMPO PRA TUDO

Para tudo há uma ocasião, e um tempo para cada propósito debaixo do céu... Eclesiastes 3.1
Assim o pregador inicia seus conselhos exalando sabedoria.
Ele pondera aqui que não adianta espernear – esse tempo é o seu tempo. Negligenciá-lo é perder uma etapa de ouro. Ninguém pode substituí-lo e nada pode impedi-lo de passar por essas horas, meses, quiçá, anos!
Quem não se percebeu diante de uma prova de concurso, ou qualquer outro tipo de avaliação e já não disse: Puxa tá fácil! Se eu tivesse me preparado um pouco mais, só um pouco mais!
O curso de nossas vidas não foge muito desse enredo!
Me lembro do quanto sonhei em fazer faculdade assim que saí do colégio, lembro-me de haver conversado diversas vezes com Deus sobre minha solidão e vazio de coração – mesmo estando preenchida por seu AMOR e GRAÇA. Também me lembro da minha alegria quando amigas falavam de seus namorados, noivos e casamentos, porém me lembro muito mais da amargura que se abatia sobre minha alma solitária quando me percebia longe de desfrutar da mesma situação.
Mas aquele era meu tempo! Como já disse anteriormente – NINGUÉM PODERIA VIVÊ-LO EM MEU LUGAR!
tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou, Eclesiastes 3.2
Nascer para novas conquistas, novos relacionamentos, nova visão. Morrer para a inatividade, plantar boas ações; arrancar cabrestos de conhecimentos minguados.
tempo de matar e tempo de curar, tempo de derrubar e tempo de construir. Eclesiastes 3.1
Tempo de matar vícios, desvios de conduta e de índoles que não se pemite educar...Tempo de curar as feridas que nos causaram e que causamos...Tempo de derrubar barreiras dogmáticas e escamas que encurtam nossa visão de Deus de nós mesmos e do mundo. Tempo de construir pontes, acessos, firmar estruturas, construir seres humanos com idéias humanas e fé DIVINAS.
tempo de chorar e tempo de rir, tempo de prantear e tempo de dançar. Eclesiastes 3.4
Chorando de tristeza e de alegria, pranteando de luto e de dor, vamos seguindo, conhecendo a forma que o PREGADOR termina suas ponderações. Com certeza e convicção que tudo ao final é vaidade e correr atrás do vento.
Agora que já se ouviu tudo, aqui está a conclusão: Tema a Deus e guarde os seus mandamentos, pois isso é o essencial para o homem. Eclesiastes 12.13
Assim ao término de todo processo, de cada nova etapa e de cada estação poderemos dançar de alegria diante DAQUELE que projetou em nós planos e sonhos para que possamos então cumprir seu plano eterno de sermos chamados de LOUVOR DA GLÓRIA DO NOME DELE!
Deixo abaixo a letra e o clipe da música O TEMPO Juninho Afram falando por mim e por todos nós.



O Tempo

OFICINA G3

Composição : Juninho Afram


O vento toca o meu rosto

me lembrando que o tempo vai com ele

levando em suas asas os meus dias,
desta vida passageira
minhas certezas, meus conceitos,
minhas virtudes, meus defeitos
nada pode detê-lo...
...o tempo se vai
mas algo sempre eu guardarei...
..o Teu amor, que um dia eu encontrei


os meus sonhos, o vento não pode levar



a esperança, encontrei no Teu olhar
os meus sonhos, a areia não vai enterrar
porque a vida recebi ao Te encontrar...



...nos Teus braços não importa o tempo


só existe o momento de sonhar

e o medo que está sempre à porta
quando estou com Você
Ele não pode entrar...


...o tempo se vai




mas algo sempre guardarei...
..o Teu amor, que um dia eu encontrei


os meus sonhos, o vento não pode levar

a esperança, encontrei no Teu olhar
os meus sonhos, a areia não vai enterrar
porque a vida recebi ao Te encontrar ...
P.S.: Só pra constar, hoje amo e sou amada, estou formada e pós-graduada e em breve estarei casada! (Ih!! até rimou!)
nELE O ETERNO
Noh Oliveira 
Postado inicialmente no Meninas do Reino

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Os Profetas da Calamidade - Republicaçâo

Ontem era pra ser mais um final de domingo como todos os outros. Estava eu por ali esperando o sono chegar lendo um tweet e outro – algo que não costumo fazer – quando vi o primeiro alerta: OSAMA BIN LADEN MORTO E OS ESTADOS UNIDOS ESTÃO DE POSSE DO CORPO!

Wow!!! Depois do primeiro vieram mais uns duzentos, todos com o mesmo conteúdo e num sincronismo de causar inveja a qualquer equipe de esportes em conjunto. Aí vêm também as piadas, os trocadilhos, enfim, o que estamos acostumados a ver nas redes sociais. Esqueceram apenas de um detalhe: Osama foi morto, mas o terrorismo continua vivo!

Inevitavelmente veio a minha lembrança uma das muitas ministrações que ouvi do meu querido amigo Urso vulgo “Alexandre” – risos – Na verdade é ao contrário tá pessoal! É que esse é o apelido dele nas quadras de basquete, onde há mais de 18 anos ele treina meninos e meninas para o esporte e para vida/VIDA. Ele já é tão Urso que apenas uns poucos, bem poucos mesmo o chamam de Alexandre.

Os profetas da calamidade, ministrado por ele, trazia como plano de fundo o paciente Jó e seus “fiéis amigos” palpiteiros. Falava dos “krentes” que vivem buscando motivo por um fiel estar sofrendo aflições, como se Jesus jamais tivesse pronunciado: Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. João 16.33. ACRF

Claro que o conteúdo e contexto foram enriquecidos com muitos respaldos bíblicos e históricos. Logo pedirei que ele compartilhe conosco toda a riqueza do texto.

Mas voltando ao título cedido gentilmente por meu amigo.

Causou um desconforto ver toda aquela celebração da morte de alguém que merecia sim responder por seus atos.

Senti como se a vida fosse banalizada, como se tivéssemos voltado ao tempo do olho por olho e dente por dente!


NEM OSAMA NEM OBAMA

Deus e apenas Deus é o  ÚNICO que tem poder para exercer justiça com justa medida.

Osama um líder terrorista com suas convicções religiosas, coloca em cheque a segurança do país considerado o mais seguro e protegido do mundo. Mostrando como o atentado de 11 de setembro que a grande mãe protetora do mundo não estava tão protegida assim.

Obama em seu pronunciamento disse que a guerra dos Estados Unidos nunca foi contra o Islã. Claro que não foi! Era contra o líder que ousou manchar a imagem do super país.

Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus. Tiago 1.20 ACRF

Não quero amados que me interpretem mal. Lhes digo que guardo com pesar as lembranças do 11 setembro, também lembro com pesar maior ainda a quantidade de sangue derramado de soldados e civis inocentes na busca desenfreada de uma “lavagem da honra nacional” por parte dos americanos. Se Tiago fosse reescrever o texto que citei acima, sei que ele citaria esse embate com ilustração da passagem.

Olha só o que Tiago diz mais: De onde vêm as guerras e contendas que há entre vocês? Não vêm das paixões que guerreiam dentro de vocês? Tiago 4.1 NVI

Outros incidentes virão depois desse. Nossa postura como luzeiros, precisará ser outra. Há um clamor a ser feito pelas nações a todo tempo e com urgência. Um clamor esquecido pela noiva de Cristo.

Termino com um verso de Tiago e com um convite a leitura do livro de apenas cinco capítulos que certamente servirá como um polimento em nossa fé.
Entristeçam-se, lamentem e chorem. Troquem o riso por lamento e a alegria por tristeza.Tiago 4.09 ACRF


Esperando na Justiça Divina
Noh Oliveira

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Des(CRIAÇÃO)



Quem me segue no Twitter sabe que amo postar frases de pensadores, escritores e artistas, se tem profundidade eu mando ver ou melhor, mando ler. Compartilho sem dó nem piedade!


Outro dia "gorjeei(risos) - fica meio “feinho” em português, então vamos lá - tuitei a seguinte frase de Pablo Picasso There is no abstract art. You must always start with something Não existe arte abstrata. Você tem sempre que começar por alguma coisa

A frase chamou-me a atenção por traduzir numa breve citação o que a arte abstrata é na prática. Sucinta, clara e objetiva! Arte abstrata se projetando a partir de algo. Não do nada. Não do inexistente. Surgindo e sendo criada de um princípio. Wow! Pensei eu no auge de minhas empolgações - É a mais singela e profunda definição do estilo.

Como sou danada de curiosa quis pesquisar a frase. Vi que ela trazia um pequeno complemento: Afterward you can remove all traces of realityDepois você pode remover todos os traços de realidade.

Minha alma entristeceu fortemente, falo isso sem exageros nenhum e tenho a Anjinha (@Roberta__) como testemunha virtual do fato. Assim que terminei de ler o “adendo” mandei uma Direct Message para ela falando da minha reação e primeiras impressões da frase; ela que não é boba nem nada sugeriu que eu fizesse um post.

Falando um pouco dessa arte posso dizer que é um estilo artístico moderno em que objetos ou pessoas são representados, em pinturas ou esculturas, através de formas irreconhecíveis, geralmente retratados nas pinturas com pinceladas de cores fortes, transmitindo sentimentos violentos.

Pensei na IMAGO DEI – A Roberta também! risos. Deus concedendo ao homem SUA IMAGEM e criando-o a SUA SEMELHANÇA!  Só em escrever percebo abalar minhas estruturas.

Não quero entrar na teoria de Ícone e Essência, até porque meus argumentos e conhecimentos sobre a teoria são parcos.

Quero falar de Deus formando. Tomando o barro soprando nele o FOLEGO que lhe trouxe vida. Perceba que ELE tomou a matéria, a argila, o barro – como queira - e lhe deu formas, formas “reconhecíveis”, contornos, tecidos, juntas, medulas, articulações, sentidos, sentimentos. Atribuiu a essa criação o posto de COROA de tudo que ELE formou.

Então veio o Lúcifer - Apoliom do grego e Abadom do hebraico - desprovido de luz, aquele descrito em Ap. 9.11 disposto a destruir o homem.

Sua principal intenção é justamente essa: Remover todos os traços de semelhança que o homem tem com o ALTÍSSIMO

  
O homem sob seu domínio tem seu caráter deformado, sua personalidade afetada, sua essência adulterada.

Então o que resta é que lemos todos os dias nos jornais e o que nos são apresentados nos telejornais.

Mata-se por convicções religiosas, por questões de sexualidade, por questões de dinheiro, enfim, destrói-se a forma original. Com um olhar mais atento para a fisionomia dos que estão envolvidos por essa mórbida arte de (des)criação, podemos perceber que lhes falta algo, como se tivessem mesmo conseguido desfocar-lhes toda e qualquer semelhança com o DIVINO.

Pablo Picasso intencionalmente ou não, traçou-nos um perfil do homem desprovido do toque DIVINO, formas inexatas. O homem sem qualquer traço ou conexão espiritual.

Convido-te a parar uns minutos e pesquisar umas imagens sobre o assunto "Arte Abstrata", depois de ler pausadamente faça a leitura da frase: Afterward you can remove all traces of reality Depois você pode remover todos os traços de realidade.
  
Peço porque sei que seu coração doerá tanto quanto o meu tem doído esses dias, e se porventura isso não ocorrer, peça a Deus que lhe restaure a visão da OBRA PRIMA de SUAS mãos. Um alto preço foi pago por essas vidas. Foi derramado sangue inocente para que homens e mulheres pudessem ter sua natureza antes desfigurada e desconfigurada pelo pecado transformada em NOVA CRIATURA para Glória de Deus Pai.
 
Na constante renovação da Criação do PAI
Noh Oliveira

quinta-feira, 26 de maio de 2011

A arte de escrever SERMÕES



Sempre escreva sermões como quem escreve um poema de amor, independente da temática que quiser dar a eles.

O sermão precisa cativar, não para a oratória de quem vai ministrar, ou servir para qualquer outra natureza de propósitos.

É necessário ter claro na mente que estará com a RESPONSABILIDADE de transcrever em palavras, pensamentos, sentimentos e intenções muito mais altas que seus próprios pensamentos, sentimentos e intenções.

O sermão precisa atingir muito mais que os ouvidos e emoções de quem ouve, porque traz consigo um foco.

Que foco?! A SUPREMA VONTADE DE DEUS.

Aprendi com o MESTRE – Jesus - e com meu mestre - meu pai- que a MENSAGEM FINAL de um sermão precisa ter a dimensão de conduzir quem ouve a pensar: Como precisava ouvir essas palavras! São palavras que me expõem diante de mim mesmo e me curam diante de DEUS!

Era assim que Jesus fazia quando ensinava, quando exortava e quando orientava.

As pessoas sentiam-se tocadas. Sentiam amparadas e direcionadas.

Mas...

Rascunhar sermões quase como dar norte aos ALTOS PENSAMENTOS de Deus.PENSAMENTOS que não podem se deixar levar pelos pensamentos daquele que os resenha.

Amo esboçar sermões e ao fazê-lo vejo a lágrima ganhando um sentido e um consolo; caminhos ainda que empoeirados, vislumbrando uma DIREÇÃO;

Enfim... Esboçar sermão é talento de poeta menor que descansa sua pena na MAESTRIA do Poeta MAIOR.
 

Na Poesia do PAI
Noh Oliveira    

sábado, 7 de maio de 2011

Dia das Mães: "Ser filho é..."


Ser filho é...

Nós estamos acostumados a ler e a ouvir mensagens que falam o que é ser mãe. Mas o que é ser filho?

Ser filho é reconhecer que alguém tornou sua vida possível e se sacrificou para que você viesse a ser o que é.

Ser filho é lembrar que alguém se alegrou com suas vitórias e chorou com você em suas derrotas.

Ser filho é entender que aquela que tantas vezes lhe perdoou pode um dia precisar de perdão.

Ser filho é ser mãe às avessas e um dia cuidar de quem cuidou, alimentar quem alimentou e amparar quem amparou.

Ser filho é sentir a falta daquela que foi mãe e tantas vezes sentiu a falta daquele que era filho.
(Homenagem ao Dia das Mães)

terça-feira, 3 de maio de 2011

A bola pinga


Já que a bola pinga


Meu pé despinga


Já que meu pé despinga


Minha bolinha pequena pinga




Beatriz Fernanda é minha sobrinha de 6 anos e ensaia seus primeiros versos

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes


Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes. I Co 15:33.
 Este é um dos versículos favoritos que os lideres cristãos oportunistas usam contra alguns jovens dentro das igrejas, afim de que suas amizades estejam limitadas apenas aos ambientes do clube gospel, isto é, os bons relacionamentos de amizade são apenas aqueles encontrados dentro da igreja, de preferência da mesma denominação. Contudo, algumas perguntas me fazem pensar muito sobre tudo isso:
 -As fofocas “santas” que acontecem de lábios supostamente piedosos após um momento de culto pode ser chamado de uma boa conversação?
-Falar mal de alguém que se aproxima de Jesus, por causa de seu passado manchado, são características de um bom costume?
-Usar o púlpito e a Escritura para expor preconceitos, condenando e oprimindo pessoas, pelas quais Cristo entregou a sua vida, seria louvável e digno de chamar-se bom costume?
-Disputar, ofender e até brigar por cargos e lideranças dentro de uma igreja faz parte das boas conversações?
-Proferir engano chamando de profecia é um bom costume “espiritual”?
-Desejar a paz do Senhor com a boca quando na verdade o desejo é de morte do irmão por motivos mesquinhos e caprichosos, seria a boa conversação de um filho da paz?
 Um outro versículo muito usado é:

"bem aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, não se detém no caminho de pecadores e nem se assenta na roda dos escarnecedores". Sl 1:1.
 Qual é a roda dos escarnecedores segundo Jesus, a qual ele jamais quis ou quer fazer parte? Não nos esqueçamos que ele era conhecido como amigo de publicanos e pecadores...
Sendo assim, resta-nos os filhos da religião, gente dos templos, que por fora pareciam bonitos mas, por dentro como disse Jesus, estavam cheios de perversidade. O pessoal do juízo contra o próximo, que se preocupa com a aparência e não com a essência, que dá valor mais as coisas do que as pessoas, usando suas regras e costumes para mascarar a sua arrogância de se sentir superior aos diferentes. Destes, o conselho é a receita da infelicidade crônica e os seus caminhos, ainda que tenham aparência de piedade, nada tem a oferecer como significado para a vida e a liberdade de ser de Deus.
Foram os ímpios escarnecedores que fizeram rodinha por várias vezes para discutir como matariam Jesus de Nazaré, a Palavra de Deus. Mc 3:6. E estes não estavam nos botecos e nas cantorias da noite, eram todos frequentadores de templos. Será que as coisas mudaram???
Pare para refletir!!!
Caminhando no mistério...
Alexandre


Publicado inicialmente no Meninas do Reino

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Chocolate TPM e Jesus


O corpo todo dolorido e a sensação de “mundo nas costas” eram as desculpas perfeitas para permanecer na cama. Toda luminosidade que vinha da fresta da janela penetrava em seus olhos tão ou mais brilhantes que os sabres de luz em Guerra nas Estrelas, mas enfim, as contas sobre a mesinha da sala serviram de incentivo para levantar, fazer sua higiene e ir à luta, e que luta: O mundo contra uma única e indefesa mulher.

Já arrumada maquiada e revestida da fé, jogou os cabelos e saiu.

Irritou-se com a conversa dos amigos de trabalho, irritou-se por não ter conseguido falar com o namorado, irritou-se por ter visto o saldo de sua conta bancária e acabou contando que sua vida estava à beira de um precipício. Será que ninguém a via como ser humano fragilizado que era?! Por que todos cobravam sua atenção, seu bom humor, seu talento! Por que abusavam de sua genialidade?! Que retorno vinha de tanto desprendimento?!

Chorou... E chorou muito!

Afinal o dia terminou e foi para casa, acariciou a cabeça do gato sempre solícito, o pegou em seus braços e foi preparar-se para dormir, já que ninguém sequer notou seu momento ou supriu suas carências.

Depois de banho tomado, deitou-se. Até o sono se rebelou contra ela desaparecendo e deixando em seu lugar apenas o corpo cansado, a cabeça pesada e olhos secos de sono e cheios de lágrimas.

Era cedo ainda para dormir, resolveu ligar para a mãe, o telefone tocou...tocou... Ih! A mãe estava na igreja! Resolveu ligar pela milésima vez para o namorado: O número discado está fora de área ou desligado! Chorou mas dessa vez chorou muito mais! Era sempre assim todas as vezes que precisava ele nunca estava por perto, à propósto ninguém nunca estava por perto!

Dormiu no sofá depois de esgotar todas as lágrimas daquela noite e sonhou.

Estava numa praça. Não. Era um campo, muito lindo e aberto, com cores e flores das mais diversas espécies.

O céu de um azul deslumbrante enchia seus olhos de luminosidade. E o sol então?! Parecia entrar dentro dela clareando e aquecendo cada canto de seu ser.

Olhou e percebeu um homem sentado em um banco, ele a olhava com olhos serenos e sorriso franco que a convidava para perto.

Ao se aproximar ele a convidou para sentar. Ficaram ali sem pronunciar uma palavra, apenas desfrutando a companhia um do outro.

Por fim ele falou: Está vendo essas flores? Sim! Ela respondeu. Sou eu quem cuido pessoalmente de cada uma delas. Parabéns! Como o senhor é talentoso! Nunca vi um campo tão bem cuidado! Esse campo é seu?! Disse ela com entusiasmo. Ainda não, um dia será, hoje pertence ao meu pai.

Sabe... Eu queria morar em um lugar assim, meus dias tem sido terríveis! Imagina que tudo me irrita, fico numa ansiedade horrorosa, meu humor fica tão ardido, sinto sentimentos de hostilidade e raiva sem falar na depressão, o sono não me aceita, minha concentração foge pela janela, a cabeça vira uma panela de pressão, as pernas incham e doem, quero comer... comer...comer e sinto uma fome!!!! Acredita que as vezes duvido até mesmo da minha fé?!

Ele sorriu olhando no fundo de seus olhos e disse: Sei quem você é, conheço a qualidade de sua matéria, cada partícula de sua essência, estava lá antes que fosse pensada. Tudo em você foi sonhado e desejado para fazer a diferença, para exaltar a essência e sublimidade da criação de meu PAI.

Ouvindo isso seu coração ardeu da mesma maneira que ardeu o coração dos discípulos no caminho para Emaús.

O jardim é seu! Sinta-se a vontade para desfrutar dele sempre que achar necessário.

Ele sorriu e levantou-se. No instante que ela perguntaria como fazer para retornar aquele paraíso ouviu um barulho.

Era a secretária eletrônica avisando que havia 10 novas mensagens. Foi ouvir eram todas do namorado apaixonado explicando que o celular tinha descarregado e ele não conseguia localizar o carregador e pedindo para a mesma ligar o celular. Percebeu que já era quase hora de ir trabalhar, deixou a cafeteira ligada, tomou um banho muito demorado, vestiu-se com sua roupa mais elegante, maquiou-se como quem iria para a reunião mais importante de sua vida, sentou-se no sofá e agradeceu a Deus pelo cuidado com sua vida, por preparar diariamente cada detalhe de seu dia sem descuidar de nada.

Percebeu que sua inseparável Bíblia estava caída ao chão aberta, seus olhos foram direto no texto grifado que dizia:

“Observem como crescem os lírios. Eles não trabalham nem tecem. Contudo, eu lhes digo que nem Salomão, em todo o seu esplendor, vestiu-se como um deles.
Se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao fogo, quanto mais vestirá vocês, homens de pequena fé!” Lucas 12.27 e 28

Seu coração encheu-se da mais perfeita paz, seu corpo mesmo cansado parecia levitar. Ela dirigiu-se para a gaveta de seu criado, sacou de lá duas barras de seu chocolate preferido e foi trabalhar, afinal a TPM estava no fim mesmo não é?!
Com ELE e NELE fora e na TPM (risos)

Cresçam e Floresçam
Noh Oliveira


Criado para o blog: MENINAS DO REINO